Cidades Por: Redação Rede Piauí Repórter 25 Out 2019 18:31 Região de Picos

Tribunal de Justiça do Piauí inaugura em Picos nova sede do Cejusc e da Audiência de Custódia

Prédio fica localizada na Avenida Getúlio Vargas, centro da cidade.


Com a presença de autoridades dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, o Tribunal de Justiça do Estado do Piauí inaugurou na manhã desta sexta-feira (25), em Picos, a nova sede do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) e da Audiência de Custódia. O prédio fica localizada na Avenida Getúlio Vargas, centro da cidade.

Inauguração Cejusc Picos

 Tribunal de Justiça do Piauí inaugura em Picos nova sede do Cejusc e da Audiência de Custódia.

A solenidade contou com a presença do secretário de Governo do Estado, Osmar Júnior, que representou o governador Wellington Dias, do prefeito Padre Walmir Lima, conciliadores, mediadores e demais autoridades do município.

A área da Audiência de Custódia é composta por recepção, secretaria e sala de audiência, salas destinadas às equipes multidisciplinares (enfermeiro, médico legista, assistente social e profissionais da psiquiatria/psicologia), gabinete do juiz, Núcleo de Penas Alternativas, Ordem dos Advogados do Brasil e áreas de apoio como copa, depósito, despensa e banheiros para atender o público. Também há cela e locais para atendimento ao preso, em atenção à resolução que normatiza as Audiências de Custódia.

Já o bloco do Cejusc conta com espaço administrativo, auditório com capacidade para 72 pessoas, sala do juiz, Coordenação de Cidadania, Coordenação de Conflitos, Diretoria, Justiça Restaurativa, salas de mediação, além de salas destinados aos órgãos auxiliares, Defensoria Pública do Estado, Ministério Público Estadual e Ordem dos Advogados do Brasil.

Segundo o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), desembargador Sebastião Ribeiro Martins, o objetivo do espaço é incentivar as pessoas a se reconciliarem, como é feito em países orientais. “Temos que incentivar a cultura da paz e que as próprias pessoas possam revolver seus problemas com justiça e mais humanidade”, disse.

O prefeito Padre Walmir Lima prestigiou o evento e declarou que o Cejusc irá ajudar as pessoas mais necessitadas da cidade. “Com certeza vai estar levando a justiça para mais próximo das pessoas e estar servindo melhor, dando dignidade e atenção aquelas pessoas especiais que precisam de uma decisão sobre os seus processos”, pontuou.

A coordenadora do CEJUSC, a juíza Maria da Conceição Gonçalves Portela, informou que o espaço deverá começar a funcionar oficialmente o mais breve possível.

Fonte: Riachaonet.




Deixe seu comentário: